quinta-feira, 23 de dezembro de 2010

Critérios unilaterais...

Por que não agilizar também os pagamentos devidos pelo Estado aos cidadãos?
"MAI promete multas em casa 5 dias após a infracção Hoje às 18:55 GNR e PSP já estão a utilizar as novas funcionalidades do sistema de contra-ordenações indirectas. Polícias Municipais também o farão. Reportagem de Nuno Serra Fernandes Os automobilistas que forem detectados em infracção e que não sejam imediatamente notificados presencialmente (casos de excessos de velocidade ou estacionamento ilegal) podem contar com a multa em casa cinco dias após a infracção. As novas funcionalidades, apresentadas hoje pelo ministro da Administração Interna, permitem agilizar o envio dos autos de contra-ordenação. O objectivo é minimizar o tempo decorrido entre a prática da infracção e a aplicação de sanções. Este sistema funciona de forma automática, o que permite reduzir custos administrativos e abreviar o tempo decorrido entre a infracção e a notificação."
in sapo.pt

quinta-feira, 16 de dezembro de 2010

O beato pereirinha do PS

Preocupado com a falta de crentes no Partido Socialista e a crise em vocações incondicionais para a política indecente.
Wikileaks Silva Pereira diz que 'confusão' só pode ser por 'má fé' (Sol) O ministro da Presidência considerou hoje que só por «má fé» é que se pode «confundir a disponibilidade de Portugal para uma libertação de prisioneiros de Guantanamo com os chamados voos secretos da CIA».
in sapo.pt

quarta-feira, 8 de dezembro de 2010

Isto é o cúmulo da incompetência

O gajo não vê que é ele e seus amigos quem mais perdem, se isso implementar! Limitado. Que triste país que tais políticos tem.
"Código do Trabalho Sócrates quer ligar salário à qualidade do trabalho (DN) Governo propõe aos sindicatos que as minutas dos contratos de trabalho explicitem que o salário de uma pessoa está directamente ligado à sua produtividade ou à qualidade do trabalho."
in sapo.pt

sexta-feira, 3 de dezembro de 2010

O País em ruína

Quando o Estado político e o Governo se autodemitem de suas funções e deveres para com os cidadãos e se colocarem ao serviço dos interesses do grande capital e grupos económicos predadores, o que se pode esperar?
Augusto Mateus foi Ministro de um Governo Socialista?
"03 Dezembro 2010
Nacional Estudo diz que sistema de saúde está em degradação e é insustentável 14h27m O actual sistema de saúde está em degradação e é insustentável, conclui um estudo do Instituto Superior de Economia e Gestão, que recomenda um novo modelo de financiamento que incida nos resultados. "Propomos uma mudança de paradigma: pensar em financiar os cuidados de saúde e não as condições que permitam vir a possibilitar esses cuidados", defendeu o economista Augusto Mateus, coordenador do estudo. Assim, o financiamento do sistema deveria ser feito através da satisfação das necessidades da população e não através das infraestruturas. "O Estado deve querer é que os portugueses tenham acesso a cuidados de saúde e não ter três hospitais separados por 30 quilómetros de distância", exemplificou Augusto Mateus. "Financiando as condições chegámos à insustentabilidade financeira do sistema. Então, talvez valha a pena dar uma oportunidade a financiar os resultados", acrescentou. Para os autores do estudo, ficou demonstrado "que não é possível continuar a assistir à degradação" da sustentabilidade do sistema de saúde. Para inverter esta realidade dizem que é também necessário uma verdadeira articulação entre o público, o privado e o social. "O Estado tem um enorme papel de regulação. Deve ser prestador de cuidados apenas naquilo em que é insubstituível. Se usasse as Misericórdias e os novos investimentos privados em articulação com o sistema público teria muito mais capacidade de sucesso", explicou Augusto Mateus. O economista sugere ainda que é necessário passar a ter orçamentos plurianuais na área da saúde, substituindo as contas anuais. Augusto Mateus lembra contudo que os "erros acumulados ao fim de 20 anos" não se corrigem rapidamente, avisando que é necessária uma perspectiva de médio prazo. Caso o paradigma não seja alterado, os autores do estudo acreditam que a população terá de passar a pagar mais para conseguir continuar a ter acesso aos cuidados de saúde de que hoje dispõe. As propostas do estudo do ISEG não tiveram em conta um sistema de saúde gratuito, reconhece Augusto Mateus, lembrando que actualmente não há gratuitidade no sistema. "Parte-se do princípio de que a saúde é um dos principais compromissos do Estado. Mas obviamente [a saúde] hoje não é gratuita. O que é preciso é que ninguém fique de fora do acesso aos cuidados por não ter recursos financeiros", sustentou."
in Jornal de Notícias

quarta-feira, 1 de dezembro de 2010

Ilusões ou para iludir!

Está a falar só para dentro do PCP e para quem não pensa? Claro que todo candidato antes de ser eleito diz o mesmo... Mas ele nunca será eleito. Está na corrida só para atrapalhar, distrair e fazer número.
Entrevista a Francisco Lopes “Usarei todos os poderes do Presidente da República” (SAPO) Francisco Lopes assegurou que nada impede José Sócrates de continuar o seu mandato, mas, se eleito, o candidato do PCP vai fazer uso de todos os poderes do Presidente da República.
in sapo.pt

terça-feira, 30 de novembro de 2010

O disparate não paga imposto

Há quem faça das eleições motivo para provocar o riso. Conseguirá?
Presidenciais/Francisco Lopes “Cada voto na minha candidatura contribui para que Cavaco Silva não seja eleito” (SAPO) Em entrevista ao SAPO, o candidato à Presidência da República, Francisco Lopes, apoiado pelo PCP, não poupou críticas a Cavaco Silva e ao que considera ser a sua conivência com as politicas do Governo, nomeadamente na área económica.
in sapo.pt

terça-feira, 23 de novembro de 2010

A brincadeira da democracia portuguesa

Quanto custou aos portugueses a gestão e realizações de todos os governos, partidos políticos e democratas que desgovernaram o país desde Abril de 1974 até ao presente?
`OE2011 Governo diz que propostas do BE custam 750 milhões (DE) O Governo garantiu hoje no Parlamento que a proposta de aumento das pensões feita pelo BE é "inaceitável" por implicar um aumento de "750 milhões de euros da despesa".´
in sapo.pt

domingo, 21 de novembro de 2010

Brincam com a miséria que criam

Este e os outros amigos dele, defensores da globalização selvagem e fomentadores da exclusão social, os que lhe pagam, os que fomentam a miséria, de vez em quando vêm gozar com os miseráveis e a miséria que criam.
Andam a brincar com a dignidade humana, depois querem aparecer salvadores, como se não fossem eles os agentes da miséria e da exclusão social.
Mandam as pessoas para o lixo mas vertem lágrimas de crocodilo, como se a miséria não fosse obra dos homens mandadores, dos senhores do mundo, com o apoio de muitos governos que hipotecam o futuro dos povos.
A miséria não é obra do Divino, é obra dos homens.
"Pobreza Europa quer menos 20 milhões de pobres para 2020 (DE) Durão Barroso anunciou hoje que a Comissão vai adoptar nos próximos dias uma plataforma europeia de combate à pobreza e exclusão social." in sapo.pt

segunda-feira, 15 de novembro de 2010

A palhaçada do desgoverno

Só porque brincam com o País e colocam os negócios acima do interesse nacional, se pode entender as declarações. A vilanagem prossegue.
"Obras Públicas Obras do TGV arrancam mesmo no próximo ano (TSF) O ministro das Obras Públicas e dos Transportes anunciou esta segunda-feira, no Parlamento, que as obras do TGV vão mesmo arrancar no início do próximo ano."
in sapo.pt

terça-feira, 9 de novembro de 2010

Democratas comerciantes colocaram o País de tanga

O torniquete capitalista-comunista vai apertando devagar, devagarinho, até à vitória final. Mercados, esses desconhecidos....... muito citados pelos ignorantes do género humano que exploram o homem e o reduzem à miséria e exclusão social.. Mercados Juros da dívida portuguesa a dez anos ultrapassam barreira dos 7% (TSF) Os juros da dívida a dez anos já quebraram a barreira dos sete por cento definida por Teixeira dos Santos como a valor mínimo para Portugal pedir ajuda ao fundo da União Europeia e ao FMI.

sábado, 6 de novembro de 2010

A cor do dinheiro não muda

O capitalismo fecha o circulo por intermédio do comunismo. Tira por um lado e aparece como benfeitor com outro rosto. E o povo chniês que vive sob uma ditadura comunista é explorado pelo capitalismo protegido localmente pelos comunistas ( ? ) no poder, não tem sindicatos, nem pode reivindicar melhores salários? Quem fica com a mais valia do trabalho? O comunisto é um bom agente e parte interessada dos interesses capitalistas. Para o sistema capitalista, que explora o povo chinês com o apoio dos comunistas no poder, onde está a defesa dos direitos humanos?
Hu Jintao em Portugal "China está disponível para dar a mão a Portugal (DN) A visita do Presidente chinês, Hu Jintao, a Portugal, que hoje se inicia, surge numa altura em que a segunda economia mundial, em produção interna, aparece aos olhos da Europa como um dos "salvadores" da crise financeira Bagão Félix, Mira Amaral e Rudolfo Lavrador coincidem na análise de que a nacionalidade dos credores de Portugal é irrelevante e os capitais da China são bem-vindos A visita do Presidente chinês, Hu Jintao, a Portugal, que hoje se inicia, surge numa altura em que a segunda economia mundial, em produção interna, aparece aos olhos da Europa como um dos "salvadores" da crise financeira. Especialmente dos países periféricos europeus, a braços com uma grave crise de liquidez, que precisam urgentemente de quem os financie, comprando as suas emissões de dívida pública."
in sapo.pt

sexta-feira, 5 de novembro de 2010

É fundamental que os "srs políticos" de todos os partidos, reflictam e vejam quanto mal vêm causando ao País e aos portugueses com a incompetência que têm demonstrado na gestão do governo e na sua conduta deplorável na Assembleia da República, como vimos há 3 ou 4 dias atrás.
Nenhum partido, tenha sido governo ou não, está excluído dos danos que causaram, todos, aos portugueses no pós 25 de Abril 1974 até à actualidade.
A demagogia orientada para o roubo aos contribuintes, associada à irresponsabilidade, falta de ética e de sentido de serviço público e de estado foi a tónica dominante dos que assaltaram o poder central e autárquico.
Temos o sentimento que fomos enganados ou pior que isso, roubados.
"Portugal Aviação pára no dia da greve geral Rita Paz 05/11/10 13:10 A greve promete causar o caos nos aeroportos. Assistentes de bordo, pessoal do ‘handling', técnicos de manutenção e outros trabalhadores da aviação vão aderir à greve de 24 de Novembro. A informação foi confirmada ao Económico pelos sindicatos dos técnicos de manutenção de aeronaves (SITEMA), do pessoal de voo da aviação civil (SNPAVC) e também do dos trabalhadores de ‘handling' (STHA). A decisão terá sido tomada esta semana após várias reuniões conjuntas entre todos os movimentos sindicais. Até ao momento não foi possível contactar o sindicato dos pilotos (SPAC) nem o SITAVA (Sindicato dos Trabalhadores da Aviação e Aeroportos), mas fontes do sector adiantaram que, também aqui, a paralisação é praticamente certa. No caso dos pilotos, no entanto, a adesão poderá ser dificultada pelo facto de o sindicato estar num processo de mudança de direcção, o que impossibilitou a entrega de um pré-aviso de greve. O sector une-se assim ao protesto nacional agendado para o próximo dia 24 de Novembro para contestar contra as últimas medidas de austeridade impostas pelo Governo português. Entre elas estão cortes salariais que vão até 10% no universo do Estado e que vão abranger os quadros da TAP. "
in diário económico.pt

sábado, 30 de outubro de 2010

O cacarejar de circunstância e do costume

Já ouvimos isto muitas vezes desde Abril de 1974 e o país está cada vez pior com os neosábios da política, da democracia e da economia. Para onde nos levam?
Acordo OE 2011 “Vitória para Portugal e para os portugueses”, diz Catroga (SAPO) Foi por volta das 23h de ontem que Eduardo Catroga e Teixeira dos Santos assinaram ao acordo de viabilização de Orçamento do Estado. “O acordo foi uma vitória para Portugal e para os portugueses”, declarou neste sábado Eduardo Catroga. in sapo.pt

quinta-feira, 28 de outubro de 2010

A Outra Face Oculta

As voltas do mundo.
O capitalismo investe no comunismo que explora o povo. Aí obtém mais valias. A nomenclatura comunista tem muito dinheiro obtido dos negócios com o capitalismo, acumula capital e é testa de ferro do capitalismo para sarar feridas nos países pobres da Europa ou em outro continente, explorados pelo capitalismo.
Afinal o comunismo é controlado pelo capitalismo e pelos senhores do dinheiro e dos negócios.
É outra máfia.
Para o capitalismo o dinheiro vem de qualquer sistema político . O que é preciso é vir.
Comunismo e capitalismo, a associação ideal com uma só cor e bandeira: dinheiro.
Dívida China está disponível para comprar dívida portuguesa (DE) A China manifestou-se hoje disponível para "participar no esforço de recuperação económica e financeira" de Portugal. in sapo.pt

Suportar as consequências do roubo

Estes e outros da cambada dos partidos políticos colocaram o país no fundo. Depois dos desvarios que fizeram e de se encherem, vêm dizer que temos todos de suportar as consequências.
Claro, os proveitos foram para eles, o pagamento da despesa é com o povo. Eles pagam, o quê e com quê?
-Com o que nos tiraram.
Agora aparecem em conjunto e falam em coro para parecer que sempre trabalharam para o país.
OE 2011 "Temos de fazer o que se impõe e suportar as consequências", diz Assis (DE) O líder parlamentar do PS saiu hoje em defesa da necessidade das medidas de austeridade do Governo no Orçamento.
in sapo.pt

domingo, 24 de outubro de 2010

E esta ?

Que crise?
Então este senhor, ponta de lança do PSD e ele também do PSD para discutir com o Governo o Orçamento do Estado para 2011, é contratado desta maneira!
Honestidade e coerência cívica acima de qualquer reparo.
Que falta de moral!
Mas não é só ele. Outros também andam a comer à nossa conta. Por isso estamos com a corda ao pescoço, embora os honestos governantes digam que se deve à crise internacional.
Pulhas!

sexta-feira, 22 de outubro de 2010

Cá andam eles a tratar-nos da Saúde

Vale tudo para desviar a atenção dos portugueses do atoleiro em que os políticos medíocres nos meteram. Cambada! Mafiosos! "Superbactéria" Risco em Portugal é «praticamente inexistente» (DD) O director-geral da Saúde garantiu que o risco de contrair a «super bactéria» é «praticamente inexistente», sublinhando que os viajantes não precisam de tomar outras medidas de precaução que não as habituais. In sapo.pt

quinta-feira, 21 de outubro de 2010

Este está a ser o quê?

Com esta conversa, tem um grande à vontade este tipo.

Então o partido dele PSD também não é responsável por este monstro da dívida do Estado Português.

Todos pertencem à mesma classe quadrilheira. Não têm vergonha nenhuma!

video

segunda-feira, 18 de outubro de 2010

O Contador de Mentiras

Há quanto tempo este gajo nos anda a mentir e a enganar?
Qual crise internacional?
Temos governantes que nos andam a amedrontar com o papão da crise para nos irem metendo a mão mais ao fundo no bolso.
"Orçamento protege o emprego e o país da crise internacional, diz José Sócrates (Lusa) O primeiro ministro, José Sócrates, afirmou hoje que a proposta de Orçamento do Estado (OE) para 2011 protege o emprego e o país da crise internacional." in sapo.pt

sábado, 16 de outubro de 2010

Querem melhor FMI ?

Os agentes nacionais já estão a executar ordens emanadas dos seus superiores para sugar o zé povinho. A ameaça já diz tudo da incompetência da governação. Ainda querem mais do que já levaram? Não há respeito pelo país nem pelo seu povo!
Se o Orçamento não for aprovado, entrada do FMI é inevitável (SIC) O ministro das Finanças deu explicações sobre o Orçamento do Estado para 2011 ao Jornal da Noite da SIC. Fernando Teixeira dos Santos diz estar convencido que se a oposição não permitir a aprovação do Orçamento do Estado, a entrada do FMI é inevitável.
Notícia sapo.pt

domingo, 3 de outubro de 2010

A brincar com os portugueses

Quando é para gastar em obras faraónicas, exceder orçamentos em obras públicas ou retirar direitos sociais à população fazem-se/dizem-se mais sábios que o povo.
Agora são tão ingénuos que depois de nos tirarem o excedente, querem vir buscar o que nos é preciso para viver e ter uma vida digna.
"PSD pede sugestões aos portugueses para cortar despesas do Estado (DE) O site - www.cortardespesa.com - é uma iniciativa do gabinete de estudos do PSD e pretende promover "um "brainstorming" colectivo sobre a redução da despesa" do Estado, explicou o presidente desta estrutura social-democrata, José Manuel Canavarro, à Lusa. "
in sapo.pt Como se os governantes - de qualquer partido político - sejam tão ingénuos, que não sabem onde se excedem em gastos supérfluos no Estado. Viva a festa à volta da mesa operatória onde as vítimas estão a ser dissecadas!

quinta-feira, 30 de setembro de 2010

O estado a que chegámos!

Por via de maus políticos que elegemos Portugal está a ser ridicularizado.

Temos o imperativo ético de banir a escumalha política do panorama nacional. JÁ!

Boa montagem satírica.

quarta-feira, 29 de setembro de 2010

Uns roubam, outros pagam

Querem-nos roubar mais!
"Orçamento de Estado Governo propõe subir impostos e cortar salários (DD) O Governo vai propor o aumento de impostos e o corte de salários na função pública no âmbito do Orçamento de Estado para 2011 (OE2011), noticia esta quarta-feira à tarde a edição online do Jornal de Negócios. "
in sapo.pt.

domingo, 26 de setembro de 2010

Obviamente

Evidentemente. É óbvio!
"Investigação Advogado de Duarte Lima "não confia" na polícia brasileira (DE) Marques da Silva, advogado de Duarte Lima, diz desconhecer teor das perguntas enviadas por carta rogatória, a não ser das que vieram publicadas nos jornais."
in sapo.pt
Advogado de advogado é advogado ao quadrado, obviamente!

sexta-feira, 24 de setembro de 2010

A incontornável incompetência política

Estamos perante um colapso do país provocado pelos sucessivos governos democráticos que tomaram o poder em Portugal.
O actual governo permitiu o agravamento da situação económica, depois de muitas e sucessivas promessas de um futuro melhor.
O servir clientelas e a família politica militante aliado a grande dose de incompetência e autismo político conduziu Portugal e os portugueses a uma situação caótica e miserável no contexto europeu e mundial, enquanto os oportunistas governantes e outros, querem continuar a explorar os portugueses, afixiando-os economicamente.
É a fuga para a frente. O continuar da mentira sistemática e sem vergonha O abusar da passividade dos portugueses.
Uma vergonha, que vai sendo insuportável e insulto à dignidade humana.
Os governantes (estes e dos anteriores governos) merecem duas designações, para além de outras bem piores: incompetentes e desonestos.
Os portugueses têm o dever de se erguer e acabar com a roubalheira e a humilhação humana a que os estão sujeitando e a ser conduzidos por esta geração de falsos políticos do pós 25 de Abril (governantes e oposição).
Nunca tantos enriqueceram tanto, ilicita e obscuramente em poucos anos, enquanto os portugueses, aqueles que se levantam todos os dias para trabalhar e pagam impostos, comem o pão ques estes diabos de "mãos limpas" amassam.
"Mais medidas já, novo aumento de impostos em 2011 (DN) Governo admite que são incontornáveis mais medidas do lado da receita em 2011. Corte nas deduções dado como inevitável. Carga fiscal vai subir. " in sapo.pt
Eles gastam muito mal o dinheiro, gerem muito mal o país e roubam, porque isto se trata de uma forma de roubo por caminhos mais ou menos cinzentos. Passam o dinheiro mais ou menos legalmente para outros ou deixam saquear o dinheiro dos nossos impostos e depois desculpam-se com a crise económica.
Mentirosos compulsivos sem vergonha. Pensam que todos os portugueses são estúpidos e acreditam na retórica que vomitam !

terça-feira, 7 de setembro de 2010

"O Boneco"

O logotipo/imagem do governo
"UE Governo espera "responsabilidade" na votação do Orçamento (DE) O ministro da Presidência afirmou hoje concordar com a possibilidade de Bruxelas poder vetar os orçamentos nacionais."
In sapo.pt

quinta-feira, 26 de agosto de 2010

Os discernidos

Que grande falta de discernimento e muita lata de impolutos! Quem salvará este país dos vampiros? "Política/PS Cenário de eleições antecipadas pode ser ponderado, diz Ricardo Rodrigues (TSF) Ricardo Rodrigues admite que o cenário de eleições antecipadas pode vir a ser ponderado pelos socialistas, caso o PSD insista na ameaça do chumbo do Orçamento de Estado. " in sapo.pt

terça-feira, 24 de agosto de 2010

É para brincar ou para rir?

Iguais a eles próprios, num país irreal. Só possível. O vazio político dos comunistas é real.

"Presidenciais PCP lança Francisco Lopes a Belém (DE) Comunistas anunciam Francisco Lopes como candidato às próximas eleições presidenciais. "

in sapo.pt

Crescimento em miséria

O feiticeiro diz isto, mas Portugal vai empobrecendo e endividando-se e os portugueses cada vez mais de tanga. Para onde vai e quem fica com o dinheiro?
Governo Sócrates diz que crescimento da economia foi o dobro do previsto (TSF) O primeiro-ministro diz que o crescimento da economia portuguesa, entre Janeiro e Junho, foi o dobro do previsto pelo Governo, destacando a evolução das exportações.
in sapo.pt

terça-feira, 17 de agosto de 2010

Demagogia para o povo

São todos muito giros. Querem transparecer que não sabem porque há desemprego.
Apesar dos governantes não serem boas peças, procuram atribuir culpa ao governo só porque não são eles o governo.
"Ingénuos"!
Desemprego

CDS e Bloco de Esquerda criticam falta de criação de emprego (Sol)

O líder parlamentar do CDS-PP, Pedro Mota Soares, afirmou que os números conhecidos hoje revelam que o desemprego se mantém «altíssimo», afectando sobretudo mulheres e jovens, e que a actual política económica «não gera emprego»

in sapo.pt

terça-feira, 10 de agosto de 2010

Foi um grande negócio

Com a colaboração de muitos governos foi feito um grande negócio na saúde.
Os Estados e cidadãos foram contribuintes forçados de quem arrecadou a massa com a produção e venda das vacinas para esta "gripe alarmante" de laboratório ajudado pelo pânico generalizado,que os media espalharam junto das populações. "Gripe A OMS anuncia fim da pandemia de gripe A
A Organização Mundial da Saúde (OMS) anunciou esta terça-feira o fim da pandemia de gripe A, 14 meses depois de ter declarado o nível máximo de alerta com o aparecimento do vírus."
in sapo.pt

terça-feira, 13 de julho de 2010

Mas que fez de errado o homem?

Como grande exemplo de autarca, ainda há-de ser condecorado num 10 de Junho qualquer a comemorar na Suiça.
Que ganda nóia!
"Justiça Isaltino Morais não vai perder mandato e pena de prisão foi reduzida para 2 anos (SIC) Isaltino Morais não vai afinal perder o mandato como presidente da Câmara Municipal de Oeiras. A decisão é do Tribunal da Relação de Lisboa que decidiu que Isaltino continua condenado a uma pena prisão efectiva entretanto reduzida para dois anos."
in sapo.pt

sábado, 10 de julho de 2010

Miguel Relvas versus Silva Pereira

Cada partido tem o seu... e assim vão brincando os sabichões políticos com os portugueses, vivendo à sua conta.
Quando é que estes medíocres políticos deixam de ser artistas de circo e passam a usar a "golden share mental" para terem dignidade, moral e ética na gestão do país?
"PSD Miguel Relvas adverte que Governo pode «ficar a falar sozinho» (TSF) Miguel Relvas acusa o PS de «ensaiar uma estratégia de ataque político» ao PSD pela sua posição sobre a utilização da "golden share" no negócio da Vivo e adverte que o Governo pode «ficar a falar sozinho». in sapo.pt

quinta-feira, 8 de julho de 2010

O Mundo Cão

O poder do dinheiro tomou conta do mundo. Os dirigentes são instrumentos dos senhores do dinheiro.
Não há países, não há governos, não há governantes, não há pesooas, não há povos. Só há o dinheiro livre circulante que dizem gerador de riqueza . Para quem?
Há senhores "inteligentes", há exploradores do trabalho das massas populacionais, geradores de pobreza - os lacaios do grande capital - para gáudio de uns poucos cujo rosto não conhecemos.
Vive-se num mundo onde uma pequena matilha se rendeu ao capitalismo selvagem.
Quem diria , um antigo maoista, a defender a livre circulação do capital, este!
"Negócio Vivo/PT Tribunal de Justiça da UE chumba uso da "golden share" na PT (SIC) O Tribunal de Justiça da UE considerou que o Estado Português não podia ter vetado o negócio da Telefónica com a PT, usando dos poderes especiais concedidos pelas "golden share". Os juízes consideram que tal recurso compromete a eficácia da proibição de restrição da livre circulação de capitais."
- in sapo.pt -

quinta-feira, 24 de junho de 2010

Pois...pois!

Os lucros da crise, porque dá lucros também, são só para alguns. Os prejuízos e sacrifícios são para todos, para a população. Tal vai a moral e a ética da política democrática! Não há responsáveis pela crise e pelo roubo descarado que fizeram? Politica nojenta. "Mário Soares: Todos os utilizadores devem pagar portagem (DE) O ex-presidente da República defendeu hoje que todos os utilizadores de auto-estradas devem pagar portagem e que os sacrifícios exigidos em tempo de crise devem ser partilhados por toda a população do País." in sapo.pt

terça-feira, 22 de junho de 2010

O mais pobre da Velha Europa

Continuamos a marcar passo na democracia do bem-estar do povo.
O país é pobre. Cada vez há mais pobres e cada vez o povo é mais explorado para benefício de poucos, cada vez mais ricos.
PIB per capita em poder de compra Portugal é o nono mais pobre da União Europeia por DN.pt Só alguns dos países do antigo bloco comunista que aderiram à União Europeia (UE) são mais pobres que Portugal. O nosso país é o nono pior no ranking do poder de compra. No topo da lista está o Luxemburgo, com elevada percentagem de população de origem portuguesa. Na sequência da crise financeira que assolou as dívidas soberanas na zona euro, Portugal foi agregado no grupo dos PIIGS (Portugal, Itália, Irlanda, Grécia e Espanha), os maus alunos da Europa, mas, segundo um estudo do Eurostat sobre o Produto Interno Bruto (PIB) per capita expresso em poder de compra, deste grupo apenas Portugal e Grécia estão abaixo da média da UE. E Portugal, com índice 78, está em desvantagem significativa em relação aos gregos (95). O Luxemburgo lidera o ranking com índice 268, mas o Eurostat, gabinete de estatística da UE, explica que este número é desvirtuado pelo facto de haver muitos trabalhadores de países vizinhos que cruzam as fronteiras e contribuem para PIB luxemburguês, mas que não são contabilizados como residentes daquele país. A seguir ao Luxemburgo, o índice é ocupado pela Irlanda, Holanda, Áustria, Suécia, Dinamarca, Reino Unido, Alemanha, Bélgica, Finlândia, França, Espanha e Itália, todos acima da média europeia. Em comunicado, o Eurostat explica que este índice “elimina diferenças de níveis de preços entre países. Um PPS ( Purchasing Power Standard) compra o mesmo volume de bens e serviços em toos os países”. PIB per capita em poder de compraMédia europeia: índice 100 Luxemburgo: 268
Irlanda: 131
Holanda: 130
Áustria: 124
Suécia: 120
Dinamarca: 117
Reino Unido: 117
Alemanha: 116
Bélgica: 115
Finlândia: 110
França: 107
Espanha: 103
Itália: 102
UE: 100
Chipre: 98
Grécia: 95
Eslovénia: 86
Rep. Checa: 80
Malta: 78
Portugal: 78
Eslováquia: 72
Hungria: 63
Estónia: 62
Polónia: 61
Lituânia: 53
Letónia: 49
Roménia: 45
Bulgária: 41 in sapo.pt

quinta-feira, 17 de junho de 2010

Este Homem Tem Razão

CGTP Vivemos o maior roubo organizado da história da humanidade (Sol) O secretário-geral da CGTP-IN, Carvalho da Silva, afirmou hoje, no Barreiro, que se assiste ao «maior roubo organizado da história da humanidade», considerando que «o dinheiro de todos foi mobilizado para colmatar as dívidas dos privados»
in sapo.pt

sábado, 12 de junho de 2010

Onde andou ele?

Esteve ausente, andou a dormir na formatura ou quer continuar a comer-nos por parvos? 25 anos na Europa Cavaco apela à defesa da moeda única (SAPO) O Presidente da República afirmou hoje que, sem uma defesa do euro, a "sobrevivência do projecto europeu pode estar em causa".
in sapo.pt

Que fez ele até aqui?

Este tipo quer-nos convencer que chegou agora ou quer sacudir responsabilidades? Basta! Quem afunda Portugal ou contribui para isso já não tem créditos.
Portugal: 1985-2010 Sócrates apela a uma maior defesa da Europa (SAPO) O primeiro ministro José Sócrates afirmou hoje no Mosteiro dos Jerónimos em Lisboa que "este é o momento de reafirmar valores europeus e de defender mais a Europa". in sapo.pt

quinta-feira, 10 de junho de 2010

Surpreendente reconhecimento

Que surpresa!
O homem esquece~se que a crise em Portugal começou a ser desenhada consigo nos anos 80, quando vieram milhões (desbaratados) da Comunidade Europeia e era primeiro-ministro deste país.
Não foi fadado para o actual cargo.
Um equívoco nacional muito caro.
Cavaco reconhece «situação insustentável» e pede «contrato de coesão nacional» (Sol) O Presidente da República reconheceu hoje que Portugal chegou a «uma situação insustentável», defendendo o estabelecimento de um «contrato de coesão nacional», no qual cabe aos agentes políticos uma «especial responsabilidade». in sapo.pt

sábado, 5 de junho de 2010

Tal vai a moral

Uns, poucos, os sábios bem pensantes ou políticos a serviço dos chefes da economia mundial roubaram, permitiram o roubo ou abotoaram-se com o dinheiro.
Agora, para pagar são todos, isto é, aqueles que menos têm, que vivem de seu trabalho, os sempre explorados e roubados.
Os outros, pagam pouco ou nada para o muito que roubaram e sacrificaram as pessoas.
Que tal esta moral democrática e justiça social?
O que andaram até aqui, este senhor e os outros, os que mexeram os cordelhinhos, a fazerem?
Crise Trichet diz que consolidação das finanças públicas é trabalho de todos (TSF) A consolidação das finanças públicas é «um trabalho que deve ser feito a nível mundial». Quem o diz é o presidente do Banco Central Europeu (BCE), Jean-Claude Trichet.
in sapo.pt

domingo, 23 de maio de 2010

Pois é...

( imagem de Notícias de Almada 21 de Maio de 2010)
Como o Sr. Presidente diz, os almadenses e os caparicanos estão fartos de ser enganados, mas também é preciso ter coragem para dizer, sem papas na língua, Sr. Presidente, quem é que os tem enganado. E o Sr. Presidente da Junta de Freguesia, que já lá está há uns bons anitos, não se tem deixado enganar pela Câmara de Almada e pelos governos? Porquê?

quinta-feira, 20 de maio de 2010

Pois, como bom mamão que é, ia perder o IRS no subsídio de férias dos funcionários públicos?
É sempre a sacar. O povão que pague as dívidas que o governo/governantes fizeram para seu bem estar e dos amigos.
Assim se arma em salvador do país e benfeitor do capital internacional, mas malfeitor para Portugal e para o nobre povo português.
Destaques Impostos Novas taxas de IVA entram em vigor apenas a 1 de Julho (DE) As novas taxas de IVA só entrarão em vigor a 1 de Julho, mas a taxa adicional de IRS vai vigorar um mês antes, avança o gabinete de Sócrates.
de sapo.pt

terça-feira, 18 de maio de 2010

Desculpas de mau pagador

“Eu não peço desculpas por cumprir o meu dever” (SAPO) Em entrevista à RTP, o primeiro-ministro, José Sócrates recusou-se a pedir desculpas pelo Plano de Austeridade aprovado, na semana passada, pelo Governo.“Porventura teria de pedir desculpa se não tivesse coragem de tomar as medidas necessárias – não fazer nada é que prejudicaria o país”, afirmou.
-de sapo.pt-
Qual dever?
-aumentar o endividamento do país? Isso não diz.
Esta é boa.

sábado, 15 de maio de 2010

Mercados da malandrice, desculpa dos maus políticos

Os mercados, esses malvados extra-terrestres que os bons e sabichões economistas não conseguem controlar!
É muita safadeza descarada de políticos medíocres a mando e colaboradores do grande capital internacional.
"Mercados passam pela situação mais difícil desde a Segunda Guerra Mundial (JN) O presidente do Banco Central Europeu, Jean-Claude Trichet, considera que os mercados estão a passar pela situação "mais difícil" desde a Segunda Guerra Mundial. " in sapo.pt

sexta-feira, 14 de maio de 2010

Os mercados mágicos dos economistas vilões

Atendendo ao cargo que desempenhou, ao chorudo vencimento que teve e tem, ele não andou a brincar com os portugueses, não continua a brincar com os portugueses?
Quem conduziu o país a esta situação, foram os portugueses ou os incompetentes governantes que temos e temos tido?
Agora quem paga é o povo, os trabalhadores, quem vive do seu trabalho por conta de outrem e tem vencimentos de pura subsistência.
Quem se amanhou, canta de poleiro e os governantes vão sacudindo a água do capote dizendo que é a crise internacional, o mesmo que dizer os desconhecidos, os malandros, não nós, puros, inocentes e bem falantes governantes.
Vai para aí uma gatunagem de colarinho branco. Vítor Constâncio «Subida de impostos era "inevitável e fácil de prever" (DE) Vítor Constâncio disse hoje que as medidas anunciadas ontem são importantes para assegurar o financiamento de Portugal nos mercados.» in sapo.pt

segunda-feira, 10 de maio de 2010

Futebol, Fátima e Fado português... a CRISE

Encarnados recebidos em apoteose na Câmara Municipal de Lisboa (SAPO) O Benfica foi recebido ao final desta tarde na Câmara Municipal de Lisboa pelo presidente da autarquia, António Costa, que realçou a honra em ter na cidade o campeão nacional desta época.
Ainda por cima com a nomeação dos seleccionados para potenciar a nobre cultura nacional da bola, juntam-se os três ingredientes à esquina esta semana.
O eterno fado dos portugueses pagarem as despesas que os (des) governantes fazem.
É a crise internacional...são os mercados...são tempos difíceis.., tudo desculpas para esconder a incompetências deles e a vilanagem sem dó nem piedade que praticam, para glorificarem a globalização.

sábado, 1 de maio de 2010

"Granda" Lata

Com ele as contas públicas pioraram.
Agora pede unidade, isto é, colaboração para pagar as dívidas que fez, se agravaram ou permitiu que se fizessem, embora algumas coisas viessem de trás.
O que fez este 1º ministro para melhorar o nível de vida dos portugueses?
Fez algo?
Enquanto o pau vai e volta, a vida dos portugueses agrava-se e os "boys"dele, de barriga farta, gozam e riem-se como se nada lhes diga respeito.
As grandes obras públicas sempre poderão dar trabalho a algumas motas e companhias.
É dinheiro dos portugueses a alimentar mecanismos empresariais específicos.
E a saúde dos portugueses, como vai?
-Façam seguros de saúde, mas não deixem de pagar os impostos para os governos e governantes apoiarem as pobrezinhas construtoras que dão trabalho a mão de obra barata, dos explorados emigrantes!
E esta heim?
Sócrates pede unidade em torno dos objectivos traçados no PEC (TSF) O primeiro-ministro insistiu, este sábado, que as grandes obras públicas são para cumprir e pediu união em torno dos objectivos do governo traçados no PEC.
in sapo.pt

quinta-feira, 15 de abril de 2010

A quem pedir responsabilidades?

Aos portugueses ou aos incompetentes governantes sem sentido de Estado e sem sentido do dever do Serviço Público, alguns deles corruptos, que temos tido desde o 25 de Abril?
Para mim é aos segundos.
Ex-economista do FMI "Portugal corre risco de falência económica" (DE) Simon Johnson, antigo economista chefe do FMI, considera que Portugal, tal como a Grécia, "corre risco de falência económica" e é hoje um país mais arriscado que a Argentina de 2001.
do sapo.pt

segunda-feira, 5 de abril de 2010

Continuamos debaixo de água

O nosso país continua a meter água. Quando teremos um Governo de gente com nível político decente e maturidade para governar o país e colocá-lo a navegar à superfície sem complexos, sem furos no casco?

domingo, 4 de abril de 2010

Gente sem Vergonha

Que eleitos, representantes do povo são estes que andam a roubar dinheiro, que tanta falta ao país, em viagens de luxo, viagens em executiva. Não podiam viajar em económica e reduzir as viagens?
Realmente na política há muita gente sem educação, sem formação cívica, sem ética e sem moral.
Cúmplices também são os que aparam estes golpes e dão cobertura à situação.
A roubalheira é grande e demais.
É muita pulhice junta.
Os portugueses têm obviamente direito à indignação.
"Deputados abdicam de voos de luxo (Sol) Enquanto a "novela" sobre as viagens de Inês de Medeiros não tem fim, um grupo de deputados do PS decidiu abdicar de viagens de avião em classe executiva para poupar dinheiro e abrir a porta à revisão das regras dos abonos e subsídios dos deputados." sapo.pt

quarta-feira, 31 de março de 2010

O inconsciente optimista

O país não está tão mal como dizem as más línguas, sempre as más línguas. Felizes os portugueses por terem-no por primeiro ministro por dedicação e devoção ao défice crescente. Estamos sempre a crescer para a miséria confortavelmente. A situação económica de Portugal não mente.
Orçamento Retificativo é uma invenção da oposição (Lusa) O primeiro ministro, José Sócrates, afirmou hoje que a eventual necessidade de um Orçamento Retificativo em 2010 "é uma invenção da oposição", contrapondo que os dados económicos dos primeiros três meses são "muito confortáveis".
sapo.pt